terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

UMA BREVE SINOPSE DA CENA CRISTÃ ROCK/METAL BRASILEIRA

Essa matéria foi escrita em agosto de 2009 para o fanzine norte-americano Heaven´s Metal, que fez em sua edição #82 um especial sobre a cena cristã do Metal/Rock do Brasil.


O Rock mostrou sua vertente cristã no Brasil ainda nos anos 70. Debaixo de preconceito da igreja evangélica que o condenava como música satânica, em meio ao regime da ditadura militar que governava o Brasil e que taxava os roqueiros de rebeledes, o Exodus, banda da Igreja Batista da cidade de São Paulo, iniciava suas atividades em 1970, sendo a primeira banda de Rock Cristão brasileira. Exodus fez inúmeras apresentações, gravou material e se dissolveu em 1977.

Outra banda pioneira foi formada no final dos anos 70, a Rebanhão, que nasceu em São Paulo, mas logo se mudou para o Rio de Janeiro. Em 1981 lançava seu primeiro álbum.

Nessa época, vários jovens cristãos adotavam o Rock como meio de evangelismo, formando bandas e incentivando as pessoas a lerem a Bíblia e conhecer a Palavra de Deus.
Ainda na década de 80 apareceram grupos como Sinal de Alerta, Catedral e Katsbarnéa, todos ligados á corrente protestante do Cristianismo.

Em 1990 com a Renovação Carismática Católica surgem também os pioneiros do Rock Cristão católico como a banda Rosa de Saron eCristoatividade, sendo peças de importância para a vinda do Eternaem 1995, considerada até hoje a maior banda de Metal Cristão da Igreja Católica brasileira. Contudo uma das primeiras bandas de Heavy a gravar uma demo-tape ficou pouco conhecida, a No Warning, da cidade de Santos-SP.

O evangelismo alternativo no Brasil ganhou força na década de 80. Nessa época a Comunidade S8 no Rio de Janeiro e a Igreja Cristo Salva em São Paulo atraiam jovens de tribos diversas, dando ênfase no Evangelho da salvação e não aos usos e costumes que predominavam nas igrejas evangélicas. Pelo projeto S8 foi criado um centro de recuperação de dependentes químicos.
A cena Metal crescia no Brasil que vivia os momentos da primeira edição do Rock in Rio (1985). Evangelistas como o Pastor Fábio Ramos de Carvalho e Cláudio Tibérius, de forma abnegada e respaldados pela Palavra de Deus, semeavam entre os metalheads o Evangelho de Cristo. Também nessa visão estava o Pastor Sandro Baggio da Igreja do Evangelho Quadrangular que tempos depois fundava o Refúgio do Rock, uma comunidade cristã com apoio ao evangelismo alternativo e também o fanzine White Metal Detonation.

Voltando ao Pastor Fábio, ele acabou se destacando no meio. Como nos Estados Unidos há a presença do Pastor Bob Beeman, aqui tínhamos o Fábio nessa mesma perspectiva de liderança e pioneirismo. Ele morou em vários estados brasileiros, e também na Inglaterra. Evangelizou o pessoal que vivia a margem da sociedade como travestis, bêbados, metalheads, skinhaeds, prostitutas, dependentes químicos. Com ele se formou a Caverna de Adulão na cidade de Belo Horizonte que se mantém em atividades até hoje. Ele faleceu precocemente em 2007 aos 42 anos de idade, mas deixou um legado de fé e amor que jamais será esquecido.

No começo da década de 90 já existiam várias Comunidades Cristãs espalhadas pelo Brasil dedicadas ao evangelismo alternativo. Hoje em dia são dezenas e dezenas. Delas saíram muitas bandas de Hard Rock, Punk/HC e de vertentes variadas do Metal.
De 91 a 93 surgiram as primeiras bandas de Metal Cristão do Brasil como Kletos, Martíria e Calvário (Heavy Metal), Projeto Eterno eCandelabro (Hard Rock), Justa Advertencia e Ruptura (Punk Rock),Saved, The Joke, Tribal, Afterdeath, Trino, Deliver (Thrash Metal),Tormented Death, Necromanicide e Devilcrusher (Death Metal).

No ano seguinte (1994) a cena praticamente dobrou com dezenas de bandas espalhadas pelos quatro cantos do país, entre as mais conhecidas estavam Amos e Antidemon.

As gravações eram disponíveis apenas em k7s, sendo o Martíria a primeira banda a fazer isso. Em 1993 o Calvário lançou o primeiro disco de Metal cristão, o I.X.O.Y.E. Em 95 a Comunidade Refúgio do Rock lançou também em forma de LP uma coletânea com 10 bandas:Kletos, Antidemon, Devilcrusher, Necromanicide, Kolapso, Kipper, Justa Advertência, Juízo Final, Theosophy e The Joke.

O primeiro CD profissional essencialmente Heavy Metal chegou apenas em 1997 com a banda Stauros, o “Sentido da Vida”. O primeiro CD-Demo foi o “Power of God” lançado em janeiro de 98 pelo Vollig Heilig.

Os festivais também começaram a acontecer. Um grande evento aconteceu em 98 quando o Christian Metal Force, ministério da Igreja Renascer em Cristo realizou o C.M.F. Festival com 20 bandas, unindo pessoas de diferentes partes do país. A mesma igreja também criou o S.O.S. da Vida em 1991, um mega festival unindo artistas cristãos dos mais variados estilos. Nesse evento já se apresentaram bandas como Bride, Whitecross e Boanerges.

Em 1999 aconteceu a primeira edição do Metanoia Festival na cidade de Vitória (ES). Dez anos depois é o maior festival cristão underground do Brasil, reunindo milhares de fãs e com dezenas de bandas participantes. Hoje tem 4 edições em lugares diferentes do Brasil.

Outro fator importante para o crescimento da cena cristã no Brasil foram veículos de informações como fanzines e programas de Rádio.White Metal Detonation, King´s Metal, Metal Mission, Christian Rock e Força Eterna foram alguns dos mais importantes. Hoje em dia, com o advento da Internet, os fanzines quase sumiram, são poucos os que mantêm essa atividade. Como pioneira na cena de Metal Extremo (e formato profissional) a revista Extreme Brutal Death segue pros seus 11 anos de existência. A EBDM também é o selo mais regular da cena cristã brasileira com vários títulos em CDs lançados.

A cena cristã underground no Brasil hoje em dia é imensa. Há dezenas de comunidades cristãs underground, ministérios envolvidos com recuperação de crianças abandonadas, alcoólatras, drogados, prostitutas e travestis; centenas de bandas missionárias e milhares de cristãos autênticos envolvidos. As igrejas tradicionais estão bem mais abertas a essa visão evangelística.
Contudo nesse crescimento também há inchaço. Percebe-se envolvimentos de pessoas nesse meio com visões egoístas, más evangelizadas, sem a característica missionária e aproveitadores de um momento, sejam bandas, fãs exclusivistas ou mesmo lideres inexperientes. Mas isso se cumpre pela Palavra de Deus que diz que o joio e o trigo crescerão juntos, mas no dia do juízo serão separados.

FONTE: Metal Land / Metal White 777


Copiei essa matéria do blog Metal white e achei muito legal, só gostaria de acrescentar, que senti falta de algumas bandas que fizeram e fazem a cabeça da moçada (inclusive a minha) até hoje. Não dá pra falar de Rock Cristão Brasileiro sem mencionar Oficina G3, Fruto Sagrado, Metal Nobre e Banda Resgate.
Deus abençoe a todos

Nenhum comentário:

Postar um comentário